Embrapa desenvolve alface com alto teor de ácido fólico


A Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia está desenvolvendo uma pesquisa para aumentar o teor de ácido fólico – vitamina B9 – nas plantas de alface. As pesquisas começaram em 2006. A primeira vertente resultou em linhagens de plantas com até 15 vezes mais ácido fólico e a segunda, com duas vezes mais. Agora, os pesquisadores pretendem iniciar o cruzamento entre as duas variedades para tentar alcançar índices ainda maiores da vitamina nas plantas.

A dose diária de ácido fólico recomendada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) para um adulto a partir de 15 anos é de 0.4 mg (=400µg), o que representa que a ingestão de apenas duas folhas das alfaces GM da Embrapa representa 70% da vitamina necessária diariamente.

O consumo de ácido fólico meses antes da concepção pode prevenir em mais de 50% a ocorrência do nascimentos de bebês com anencefalia.

As plantas produzidas pela Embrapa estão prontas, aguardando para iniciar as análises de biossegurança para, então, encaminhar o pedido de liberação à Comissão Técnica Nacional de Biossegurança – CTNBio.

Fonte:Globo Rural On-line

Uncategorized

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *